Traceable Species

Mangrove Oyster



Mangrove Oyster
Mangrove Oyster

Food Info Mangrove Oyster


TASTING NOTES

  • Cor: arne pode variar do bege ao cinza; 
  • Textura: texture macia ou firme;
  • Sabor: suave e salgado que remete o mar;
  • Preparo Perfeito: Cruas em suas conchas apenas com limão e sal. Mas podem ser encontradas nos restaurantes frequentemente também “ao vinagrete” ou gratinadas.
Species Range
Source: Fishbase.org
FISHERY OPENINGS
Mangrove Oyster by Farming Jan 01 - Dec 31

As ostras são moluscos, assim como polvos e lulas, porém possuem conchas externas chamadas valvas.

Habitam ambientes estuarinos, regiões protegidas e com muita disponibilidade de alimento e vivem submersas ou na zona entre marés.

As ostras obtêm seu alimento filtrando a água que passa pelas suas brânquias, que funcionam como uma peneira. Sua alimentação é composta basicamente por microalgas.

O ciclo reprodutivo das ostras tem início com a liberação das células reprodutivas de fêmeas e machos na água, onde ocorre a fecundação. Após 12 a 18 horas ocorre a formação do primeiro estágio larval. O desenvolvimento larval completo dura cerca de 15-20 dias, onde as larvas são levadas pelas correntes e vão mudando de forma e tamanho, até ocorrer a formação de uma espécie de pé e estarem aptas a fixarem em um substrato. Assim que se fixam, iniciam a produção de um composto de cálcio que irá compor suas conchas.

As ostras do mangue formam grandes aglomerados chamados bancos de ostra. Tais estruturas desempenham um papel ecológico muito importante nas regiões estuarinas, sendo responsáveis por altos índices de capacidade de filtragem da água, assim como funcionam como atratores para várias espécies de peixes em seus estágios juvenis.

Além da importância ecológica, as ostras são muito importantes para as famílias de pescadores nas zonas costeiras brasileiras, pois as utilizam para seu consumo, para a venda, ou desenvolvem o seu cultivo.

Fishing Methods

{'fisheries': [<License: Mangrove Oyster by Farming>], 'gear': <Gear: Farming with fixed table structures>}

Farming with fixed table structures

As áreas utilizadas para o cultivo da ostra da AQUAVILA estão localizadas na Reserva Extrativista Mãe Grande de Curuçá, Pará. A obtenção de suas sementes é através de coletores feitos com garrafas pet, que são instalados na zona entre marés. As sementes então são retiradas e acondicionadas em “travesseiros” durante a fase de crescimento. Os travesseiros” são amarrados nas estruturas de cultivo chamadas mesas. Conforme as ostras vão se desenvolvendo, vai sendo realizado o manejo para retirar incrustações nas conchas, limpeza das estruturas, seleção e classificação das ostras. Esse cultivo em pequena escala tem baixo impacto no ecossistema local, pois não há praticamente modificação física no ambiente, nem adição de substâncias químicas ou biológicas. Após cerca de 8 meses a 1 ano de engorda, as ostras estão prontas para o consumo.

FISHERIES:
Go

Featured Harvester Bernie Berry

Mangrove Crab Harvester

Canavieiras, Brazil

Ahoy there!

Sign up for quarterly updates, news and upcoming exclusive offers.

Name Email
Sign up